terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Tarte de Amêndoa da Mãe da Alda


As pessoas dividem-se em dois tipos de pessoas: as que partilham as receitas e as que não gostam de o fazer.

Independentemente do motivo, não é característica que por si só torne as pessoas melhores ou não: apenas as torna diferentes. Umas preferem guardar as receitas para si e/ou para a sua família, gostam que haja receitas que só elas sabem fazer, acham bonito que depois do seu desaparecimento fique o resto de família a suspirar pela famosa tarte de requeijão da tia X, que morreu sem dar a receita a ninguém. 


Outras criam blogues, escrevem receitas à pressa apontadas em guardanapos para dar aos membros da família que gostaram especialmente do pudim Y ou da carne assada Z, fazem questao de partilhar técnicas e saberes e deliram de felicidade quando as outras pessoas experimentam as suas receitas e estas lhes saem bem.


Quando provo alguma coisa especialmente boa, rezo sempre aos meus santinhos todos que a pessoa que a confecionou pertença a este último grupo. Quando provei pela primeira vez esta tarte de amêndoa, nem sabia quem era a Alda nem quem era a mãe, mas a partir daí, nos bailes da Procuradoria, eu andava sempre à espreita a ver se havia a famosa tarte (e quando havia comprava logo uma fatia para mim e mais duas para levar para casa...)


Entretanto conheci a Alda, que quando soube a minha paixão louca pela tarte prometeu logo que ia pedir a receita à mãe. Assim foi! E tanto a Alda como a mãe são tão, tão fixes, que para além de partilharem a receita comigo também autorizaram que eu a partilhasse com vocês.

Por isso aqui está ela! A mãe da Alda e a Alda já têm um lugar reservado no meu coração. E aposto que vocês também lhes vão reservar um lugar no vosso, quando experimentarem esta tarte ^^


Ingredientes:
Base:

  • 125 gr de margarina
  • 125 gr de açúcar
  • 125 gr farinha 
  • 3 ovos
  • 1 c. chá fermento

Cobertura:

  • 125 gr de margarina
  • 125 gr de açúcar
  • 125 gr de amêndoa laminada
  • 3 c. sopa de leite magro


Modo de fazer:
Bolo:
1 - Bater a manteiga com o açúcar.
2 - Juntar um ovo de cada vez, batendo bem entre cada adição.
3 - Juntar a farinha peneirada com o fermento.
Deitar numa forma lisa untada e enfarinhada.
Levar ao forno a 180ºC durante 30 min

Cobertura:
1 - Numa frigideira funda, levar a manteiga a derreter em lume brando.
2 - Juntar o açúcar.
3 - Quando estiver tudo ligado juntar a amêndoa, mexendo sempre com uma colher de pau até a amêndoa estar bem torrada e o caramelo douradinho.
4 - Juntar o leite, mexer e retirar do lume (cuidado para não se queimarem!).
5 - Deitar esta cobertura sobre a base e deixar arrefecer.

É uma tarte dos céus! Não importa quando a façam, vai animar de certeza o vosso dia :)




Aprox. 10 fatias
Aprox. 369 kcal/fatia

12 comentários:

  1. Adoro tartes de amêndoa e esta ficou com um aspecto mesmo caseiro e delicioso :)
    -
    Diogo Marques
    Blog: A culpa é das bolachas! | Facebook | Instagram
    -

    ResponderEliminar
  2. Bem... Que aspecto maravilhoso!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Adoro tarte de amêndoa. A sua esta com um aspecto divinal. Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Concordo logo com a primeira frase. Raramente peço receitas (porque raramente como coisas que outras pessoas fazem e ainda mais raramente gosto particularmente delas), mas fiquei traumatizada com aquela descrição do arroz doce ;) haha :)
    Nããão, claro que define. Obviamente. Partilha = anjo bondoso; não partilha = diabo cruel. TODA a gente tem os conhecidos agrupados nessas gavetas, estando os segundos na da roupa suja.
    ...estou a brincar, eu até percebo. Quando o meu avô morreu nunca mais a minha mãe e a minha avó provaram o molho de frango supostamente maravilhoso dele, mas foi porque nunca pensaram nisso e quando ele ficou doente as prioridades eram outras, claro. Eu não acho que seja particularmente bonito ou romântico, embora perceba o fascínio do mecanismo de herança de receitas.
    Tarte de requeijão?!! Isso existe? É doce ou salgado? :P
    (Como é que te ocorre logo uma coisa assim estranha para exemplo? Eu dizia logo "bolo de laranja". Sou tão original.)
    Eu definitivamente gosto de partilhar receitas e fico em êxtase se alguém gosta delas :D fui feita para ter um blog de culinária :P E deve ser de família, porque a única pessoa a quem pedi uma (A) receita foi extremamente prestável e era minha tia :)
    Felizmente nunca provei nada para depois descobrir a confidencialidade da receita, deve ser horrível :) ao mesmo tempo seria um desafio para recriar. Ou um motivo para perseguir a pessoa e obter, se não as instruções, umas amostras de produto final ;)
    A sério? A Alda, essa moça tão simpática ;) eu sempre gostei muito dela :P
    As tartes de amêndoa que vejo nunca me parecem estrondosamente boas que chegue, por essa razão é que nunca experimentei. Tenho algumas receitas que dizem ser as melhores guardadas, mas só agora é que o meu ogre interior adormecido da tarte de amêndoa despertou :) o aspecto está fenomenal, parece mesmo boa! A amêndoa tem um gosto "grave", especialmente a laminada, que consigo ver a ficar maravilhoso com caramelo. E com gambas, fica TÃO BOM com gambas :P
    ... Ainda por cima parece muito fofa, quando esperaria uma tarte tarte, com base fina de... Tarte. Por que é que isso é uma tarte e não um bolo? Não que isso influencie a cunha na minha lista de receitas a fazer ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Avelã, nao me digas que és esquisitinha! :P Eu percebo-te, mas fui apenas proibida de publicar a receita online :P
      Estas a ver? :( molho de frango que se perdeu para sempre! É triste!
      Tarte de requeijao porque é uma tarte de uma tia que NUNCA me deu a receita. Tipo, nunca. Nem quando ofereci para troca a receita do Molotov, que ela ainda agora cobiça (mal sabe ela que se soubesse mexer num computador, estaria à distancia de um clique :P )
      O gene da partilha esta com voces ;)
      A Alda é impecável :P
      Amêndoa fica bem com tudo :P
      É uma tarte-bolo ;)
      Beijinhos!


      Eliminar
  5. Ficou divina a tua tarte, Anouska! Adorei a cobertura de amêndoa e caramelo! Parece uma delícia!

    Beijos ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E estava mesmo! Mas nenhuma receita se compara às tuas *.*

      Eliminar

Obrigada pela visita!